29 de jan de 2012

150 MOTIVOS





Sabemos que chegar a 100, 120, 150 seguidores não tem nada a haver com o trafego do blog.
E nem que ele seja "O blog".
Mas é o nosso blog.
E por que é nosso ficamos alegres em comemorar.
No dia 20 de junho de 2011, nascia este blog com a colaboração da Kiro e da Dora.
O  url já existia, mas mudou o nome e o conteúdo.
Desde então, "o Idéias Compartilhadas é um recanto de pequenas inspirações poéticas onde se pode expor sua opinião de concordância, discordância ou simples poesia, onde tudo é válido desde que seja de coração..." 
( Kiro Menezes)
A cada semana ficamos muito felizes com as participações de cada uma de vocês.
Eu ia fazer um selo de comemoração.
Então tive um estalo!
Ao invés de post um selo. Isso!
Convidamos a vocês a fazerem um selo em comemoração aos 150 seguidores.
Não precisa postar no blog.
Mandem para o Email soniaconsult@yahoo.com.br
E no sábado postaremos todos os selos aqui, com uma grande festa.
Não se preocupem se não entendem de fazer selos. Pode ser o que a imaginação e o coração disser.
Mas não permito que fiquem de fora!!




Parabéns às participantes da semana passada.


Os selos estão em premiações.


Bjos Sonia

23 de jan de 2012

3ª semana de Janeiro – Tema: Aprimorando conhecimentos. Tomo 1

A poesia, que é nosso objeto de amor, fecunda-se na ideologia, embriona-se na alma e eclode, viva e colorida, em lindos dias de viver. No entanto, ela é muito mais que um mero amontoado de palavras. A poesia é parte de uma ciência chamada Literatura. Logo, para que a possamos desfrutar em toda a sua plenitude, faz-se mister observá-la microscopicamente. Devemos, como poetas - ainda que de versos livres – ter intimidade com o cosmos poético, a fim de preservá-lo para as futuras gerações de poetas. Só assim perpetuaremos a nossa espécie artística e a nobre arte de escrever. Por esta razão, o “Ideias Compartilhadas” traz para todo este ano o desafio de exercitarmo-nos e, por que não dizer, aventurarmo-nos pelo estudo das várias formas de escrita da poesia. Que tal começarmos pelo “Epigrama”? O estudo preliminar segue logo abaixo. Boa pesquisa e mãos à obra!

Epigrama (Grego: ἐπί-γραφὼ, literalmente, "sobre-escrever"), é uma composição poética breve que expressa um único pensamento principal, festivo ou satírico, de forma engenhosa.
O Epigrama foi criado na Grécia Clássica e, como o significado do termo indica, era uma inscrição que se punha sobre um objeto - uma estátua ou uma tumba, por exemplo.
Os epigramas sobre as tumbas formaram uma classe à parte e se denominaram Epitáfios ou Epicédios, designando um poema engenhoso que tinha a característica de ser breve, para poder passar por rótulo ou inscrição.
A maioria dos epigramas gregos pode ser encontrada na Antologia Palatina. Além dos gregos, destacaram-se na composição de epigramas os romanos Catulo e Marco Valerio Marcial.


                              Odi et amo. Quare id faciam fortasse requiris.
                              Nescio, sed fieri sentio, et excrucior.
                              (Eu a odeio e a amo, não me perguntem porque.
                              É a maneira que sinto. Isto é tudo e lastimo).     

                                                               Catulo


                               O mais irritante de nos transformarem um dia em estátuas
                                é que a gente não pode coçar-se. 

                                                               Mário Quintana


Aguardamos os linkes das participantes até sexta-feira dia 27.01.2012.



Auxiliadora RS

ANNE - POLÍTICO
CHICA - AOS ZÉ (S) E MARIA (S) REFLETORES